• Mãe Maria Elise Rivas

Conversas com Mestra Yamaracyê 7 - Pai Rivas: reconhecimento do sacerdócio feminino

Aranauan, Saravá,


Na série de vídeos "Conversas com Mestra Yamaracyê" trazemos, neste mês de março, considerado o "mês da mulher", um vídeo de 2015 com Pai Rivas, Mestre Arapiaga. Nele, Mestre Arapiaga, então Mestre-Raiz da Umbanda Esotérica ou Iniciática, reconhece o sacerdócio feminino nessa escola, que por muito tempo foi interdito às mulheres desde a época de Mestre Yapacani. Como já dissemos amiúde, a Sucessão não é estática, mas implica o reconhecimento da capacidade de quem por direito pode conduzir uma Tradição. Foi assim de Matta e Silva a Mestre Arapiaga, como de Mestre Arapiaga a Mestra Yamaracyê. Originalmente intitulado "A voz da primeira iniciada na Umbanda Esotérica ou iniciática" e já de seis anos atrás, no vídeo mostramos os caminhos por que a Umbanda Esotérica ou Iniciática percorreu para hoje, sob minha condução, não só se encontrar livre da misoginia e demais preconceitos, como bastião contra essas mazelas.


Mestra Yamaracyê



43 visualizações0 comentário